07 maio 2017

Consumindo o Documentário "Tower" na Netflix


Ok. Após eu terminar toda a introdução do post, meu cachorro subiu na cama e desligou o nootbook e tudo foi apagado (vou superar toda essa raiva e começar tudoooooo de novo rsrs). Ao som de Shawn Mendes vamos lá..

Como eu estava dizendo rsrsr, eu sempre achei documentários muito chatos de assistir, e acredito que muitos leitores pensem como eu pensava. Conheço várias pessoas que não curtem documentário, mas o segredo para amar documentários está em você encontrar documentários com temas que chamem sua atenção e que você acredite ser pertinente. Eu por exemplo, amo ler livros jovens com temas fortes (você já sabem disso), então procuro assistir documentários que abordem esses temas como: suícidio, tiroteios em escolas, bullying essas coisas. Documetário, tem sido um tipo de programa  que tem me emocionado muito e mudado minha forma de ver várias coisas. Eu assisto tanto na Netflix quanto no Youtube, os da Netflix Originais são super bem produzidos, eu super recomendo (no Youtube costuma ser mais documentários sobre assassinatos, muito bons também). E NÃO, eu não sou mórbido por gostar de programas assim kkkkkkkkkk seus loucos.

Tower vai falar sobre um psicopata americano que subiu na torre de uma universidade e começou a atirar em todos que passavam por seu campo de visão. Foram mais de 100 pessoas atingidas e diversos mortos e durante o documentário iremos ver desde o começo do atentado até seu final (muito bem merecido). Agora uma breve sinopse copiada do google rsrs (No dia primeiro de agosto de 1966 um atirador subiu no topo do prédio da Universidade do Texas e abriu fogo contra o local, deixando o campus refém por 96 minutos.
Combinando imagens de arquivo e animação, o documentário revela histórias não contadas de testemunhas, heróis e sobreviventes do primeiro tiroteio em massa em uma escola norte-americana).

No começo eu hesitei um pouco por causa da animação, mas eles reproduziram e intercalaram as entrevistas reais com a animação de uma forma que prende nossa atenção perfeitamente. Esse provavelmente foi o primeiro documentário que eu assisto que mostra o atirador matando vítima por vítima. O maior sentimento que você vai sentir é agonia e inutilidade, você literalmente ficar assistindo aquelas pessoas caindo no pátio da universidade sem poder  fazer nada para proteger aquelas pessoas é terrível. Eu já sinto isso só de assistir, imagina quem vivei essa experiência.

Em Tower não é revelada a identidade do atirador (que é algo que eu gostaria muito de saber), mas ficamos sabendo que antes de subir na torre, ele atirou na esposa e na própria mãe (em casa). E detalhe, enquanto ele subia para o topo da torre, durante o percurso ele ia matando todos os universitários que ele encontrava pela frente. Resumindo, é um documentário muito forte e uma tragédia muito triste e infeliz.

A “protagonista” do documentário é uma estudante que estava grávida e levou um tiro saindo da universidade com o namorado, ela é uma das poucas vítimas que vamos ver tanto na animação quanto em imagens reais que os jornalistas que estavam presentes no dia gravaram. Foi desesperador, eu simplesmente preciso que vocês assistam essa recomendação e venham comentar comigo o que acharam.

Como documentário tem sido um tipo de programa que eu tenho consumido muito este ano, eu pretendo fazer alguns posts recomendando algum que tenha me impactado e que eu queira muito indicar para vocês. Mas não se preocupe, eu não serei o chato do documentário que vou ficar só falando sobre isso kkkkkkkk. Mas assistam os que eu recomendar, senão eu me tornarei o chato do documentário SIM. (Apesar de vocês não serem obrigados a nada kkkkkk).

PS: Após dois anos enrolando para fazer a consulta e comprar meus óculos, enfim esse dia chegou. Os leitores mais antigos do blog sabem que eu reclamo das minhas vistas á séculos. Gostaram da armação?? Eu não entendo nada de armação então escolhi uma que não me deixasse muito nerd kkk. 


6 comentários:

  1. Amigooo até que enfim vc fez essa consulta heim, escolheu bem a armação, mas acho que ficou faltando algo nessa foto kkkk
    Alguns documentários são chatos mesmo, mas é como vc disse, depende do tema... o último que eu assisti( nem assisti todo porque minha internet não colabora kk) era sobre bullying ele é de 2012 eu acho, o nome do diretor é Lee, não lembro o sobrenome, é muito inquietante, os casos são absurdos...
    Vou tentar assistir Tower!
    Bj

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Amiga eu vou pesquisar esse do Lee que vc falou, mas eu assisti um no na netflix que se chama BULLYING tem uma capa amarela, será que é o mesmo???

      E sim! Na foto que eu postei esta faltando algo, que provavelmente vc se refere ao meu rosto kkk eu usando kkkkkkk, fiquei mega com cara de nerd amiga, me chama no face que te mando uma foto pra vc ver como ficou!!

      Excluir
  2. Amigo eu tbm não costumava a assistir muitos documentários, antes qdo eu ouvia sobre documentário já me vinha na mente os da National Geographic e só de animais, eu como vc disse pra assistir documentário tem que ser sobre assuntos que vc se interessa muito (pra mim tbm é assim). Eu tbm gosto de temas mais fortes e já vi vários pela Netflix (responsável por eu gostar de documentários hoje em dia).
    Um que eu vi no final de semana foi sobre JonBenet, eu esperava mais, mas eu gostei da forma como eles fizeram o documentário.
    Um que quero muito ver é 13th que fala sobre a A 13ª Emenda, mas tbm já assisti alguns sobre abuso, que acho que te ajuda e mto a identificar pessoas que passam por isso e assim vc pode tentar ajudá-las da melhor forma possível.
    Eu coloquei este documentário na minha lista e assim que eu assistir eu venho falar com vc, por aqui ou pelo Messenger.

    Por mim pode fazer mais post sobre este assunto que não me importo de vc parecer o chato do documentário... kkkkkkk

    Bjos Fêh :)

    PS.: Falando em Netflix vc já assistiu a série The Last Kingdom??? Gente simplesmente mto boa, a segunda temporada teve parceria com a Netflix e está numa qualidade ainda melhor (mas vc terá que baixar, porque só tem a 1ª temporada na NEtflix). Só tenho elogios para esta série e preciso de vários amigos assistindo para eu poder comentar cada detalhe... hehe Assiste por favor!! E se vc já assistiu espero que tenha gostado e visto a segunda temporada tbm... tá um arrasoooo!! hehe

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ps2.: Amigo gostei da sua armação, é bem discreta mas estilosa, assim evita de ficar com cara mto nerd... hehe Como eu já uso a bastante tempo eu já uso armações um pouco menos discretas... gosto bastante dos modelos da Chilli Beans, mas nem todos me agrada (só pra deixar claro, porque tem cada modelo estranho lá... hehe) O bom que a armação deles é bem leve e os preços são bons tbm!! Vou parar de falar porque não to ganhando comissão pra isso. kkkkkkkkk

      Excluir
    2. Fer, sobre JonBenet tem um documentário dela no youtube bem melhor que o da Netflix (porque vai mostrar toda investigação, com imagens reais de tudo, da casa dos pais do quarto dela, enfim... eu ameii). Menina esse do "A 13ª Emenda" eu não vi, mas será que é um assunto forte?? me fala no face depois o que achou (se me recomenda). Menina eu tentei ver essa série The Last Kingdom mas me deu uma eterna preguiçaaaaaaaaaaaaaaa, não faz muito meu gênero, eu estou tentando dar conta de ver as minhas favoritas no momento, pela primeira vez em muito tempo, eu não estou muito no clima pra começar séries novas. Tem algumas lá na minha lista que eu nem vi o primeiro episódio ainda. Riverdale terminou ontem e estou morto para ver o final, mas já revelou quem matou o garoto blosson lá... foi meio pesado, ainda não entendi o motivo do crime. Eu jurava que tinha sido a irmã dele kkkkk. Amiga, eu n entendo nada de marca de óculos, eu experimentei uns 20 e esse foi meu favorito, ele é mega levinho e a armação é da minha cor super favorita que é o azul. Eu sou tipo os power ranges no dia a dia, ele sempre estão com alguma peça da cor do uniforme deles, e eu também kkkkkkkkkkkk menina eu sempre estou de azul, tipo sempreeeeeeeeeeee mesmo. Até quando estou de preto (que é minha cor de costume) eu ainda jogo um azul kkkkkkkk pra quebrar o clima gótico (porque não sou mais adolescente kkkk). sobre essa marca Chilli Beans, eu não conheço nadinhaaaaaaaa. Mas valew por ter gostado, todo mundo amou, então fiquei super feliz por não parecer um nerd esquisito.

      Excluir
    3. Amigo tu é o máximo, dei muita risada ontem qdo li:

      Eu sou tipo os power ranges no dia a dia, ele sempre estão com alguma peça da cor do uniforme deles, e eu também kkkkkkkkkkkk menina eu sempre estou de azul, tipo sempreeeeeeeeeeee mesmo. Até quando estou de preto (que é minha cor de costume) eu ainda jogo um azul kkkkkkkk pra quebrar o clima gótico (porque não sou mais adolescente kkkk).

      Daonde vc faz essas correlações inteligentes e engraçadas, demais... kkkkkkk Eu tbm gosto muito de preto, cinza e azul marinho. Meu guarda roupa tem bastante peças assim, acho que as pessoas nem notam que mudei de roupa, porque tudo é sempre da mesma cor... hehe Mas gente eu troco tá e lavo sempre tbm!! hahahaha
      Que pena que vc não teve paciência pra The Last Kingdom, eu gostei da primeira temporada, mas a segunda me ganhou fácil fácil. Como GoT está acabando eu achei uma substituta a altura pra ficar no lugar. Porque eu gosto mto de séries medievais, com guerras, personagens fortes, mulheres F&%@, um romancezinho de vez em quando e se for baseado em fatos históricos (como é o caso de LK) melhor ainda.
      Eu preciso voltar a assistir Riverdale, eu parei um pouco qdo voltou minhas séries e tbm acabei lendo alguns livros (este mês eu estou uma vergonha com as minhas leituras, ando lendo pouco).

      Bjos Feh :)

      Excluir

Pessoal, eu estou respondendo todo muito a noite quando volto do trabalho. Mas no Facebook eu respondo mais rápido!!